Cerveja, história e poesia

cervejaDiversos sites disponibilizam a história da cerveja, dicas de cervejas e etc. Porém, antes vou contar a minha concepção sobre esse liquido maravilhoso. Tudo começou quando fui ao mercado e vi um rótulo bem diferente. Curiosa do jeito que sou, logo estava no caixa comprando a minha futura melhor amiga do mundo, que me ajuda nos momentos de TPM. E assim começa uma história de amor pela cerveja que me rendeu até uma poesia.

Pão líquido da paixão

Eu olhei para e ela me olhou,
Seu rótulo um tanto diferente me encantou,
Pisquei para ela como quem diz sim.

Quando dei por mim estava apaixonada,
Minha querida cerveja já estava gelada,
Amarga na medida certa, aromatizada e cheia textura.
Nossa quanta candura!

De uns tempos para cá
Ouso a dizer,
Minha vida não é a mesma sem você,
Amada cerveja.

Então, o que começou como uma simples curiosidade, se tornou um passatempo e até mesmo negócios, como é o caso da marca que criei com o meu namorado: 83Beer. Hoje é dia de Mondial de La Biére, o maior evento de cerveja no Rio de Janeiro e estou fazendo o meu projeto final sobre cerveja, separei três curiosidades históricas da cerveja artesanal para vocês.

1- Queridos holandeses obrigada por trazerem a cerveja para o Brasil o/

Em 1637, Maurício de Nassau, responsável por administrar a região do Nordeste Brasileiro, conquistado pelos holandeses, chega a Recife rodeado por sábios, cientistas, astrônomos, artistas, e o CERVEJEIRO Dirck Dicx, que instalou a cervejaria “La Fontaine” reconhecida pelos historiadores como a primeira fábrica de cerveja das Américas .

2- D.Pedro II & Cerveja Sul Americana – Um caso de amor na realeza

Essa cerveja ficou conhecida com a princesinha das cervejas, simplesmente porque D.Pedro II, imperador do Brasil, grande incentivador da indústria cervejeira, apreciou a primeira garrafa da marca e ficou apaixonado pelo sabor da bebida.

3 . Cerveja marca barbante NO WAY!
As  primeiras cervejas eram produzidas com bastante gás carbônico, que fazia as rolhas saltarem da garrafa e para mantê-las fechadas era preciso amarrar as rolhas com barbante. Por ser produzida de forma caseira e de péssima qualidade, ela comprometia a saúde do consumidor. Esse termo ficou conhecido como sinônimo de cerveja ruim.

MK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s