Jogos e Publicidade: um caso de amor.

jogos 3.jpg

Atire a primeira pedra quem nunca passou a tarde na frente do computador tentando zerar uma fase do jogo favorito. Em 1971 os jogos eletrônicos foram introduzidos na indústria de entretenimento, com o objetivo de levar interatividade e diversão ao consumidor. E desde então, os jogos foram constantemente aprimorados, os gráficos de baixa qualidade e jogabilidade limitada deram lugar a gráficos excelentes e beirando ao realismo.

Com o passar dos anos, a indústria publicitária começou a perceber, que para conquistar a atenção e o coração dos consumidores, deveria ampliar seus veículos de comunicação e investir em plataformas pouco exploradas como os jogos.

Sim, os jogos possuem a capacidade de nos deixar concentrados por muito mais tempo, que as outras mídias, ou seja, raramente desviamos a atenção para outra coisa enquanto jogamos.

Quando as marcas fazem parte do jogo, sem invadi-lo, a presença delas aumenta a realidade virtual. Então, se no meio do apocalipse zumbi, aparecer um anúncio que interage com o jogo, o jogador vai focar nele, entender a mensagem e talvez buscar o produto nas lojas.

Segundo uma pesquisa da PwC, as vendas dos games para PC vão chegar a US$29 bilhões até 2016. O número de jogadores cresce a cada ano. Grandes marcas já apostam nessa mídia, como é o caso da H&M, a famosa marca de roupa da Europa colocou suas roupas no catálogo da loja do jogo de simulação da vida real The Sims 2.

Como Publicitários devemos estar sempre antenados a crescente onda tecnológica e os jogos nos mostram grande potencial como mídia. Devemos usar a criatividade para explorá-lo da melhor forma possível. Chegou a hora de despertar a criança adormecida, jogar e observar como fazer parte desse imenso mundo virtual.

Macetes literários:

Jogos Eletrônicos

O que leva alguem a estar conectado aos jogos eletrônicos? E que efeitos esses jogos tem sobre crianças e jovens? Essas duas questões, que orientam a construção desse livro, são analisadas aqui com base na noção de governo desenvovida pelo filósofo Michel Foucault.

Gostou? Clique aqui 😉

Level Up – Um Guia Para o Design de Grandes Jogos

Aprenda como: criar o que os jogadores querem; dar vida a personagens cativantes (e jogáveis); construir níveis de jogos que contam estórias e desafiam os jogadores; fazer o design de tudo desde os controles, as cenas de cortes, até os combates; estruturar seus documentos de designem que brilhem; apresentar seus jogos como os profissionais.

Gostou? Clique aqui 😉

Imaginação e Jogos na Era Eletrônica

Imaginação e Jogos na Era Eletrônica’ é uma descrição fascinante sobre a maneira pela qual a TV, os videogames e os computadores modelam tanto as ações de nossa vida real como de nossos mundos imaginários. Os autores combinam impressionante conhecimento com profundo bom senso sobre os perigos e os benefícios potenciais do crescente papel da mídia eletrônica nas vidas de crianças e adultos – e, no final, oferecem uma visão otimista sobre nosso futuro conectado.

Gostou? Clique aqui 😉

MK

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s