O Musical Mamonas

mamonas

Quem me acompanha sabe o quanto eu sou fã dos Mamonas, fissurada, apaixonada por um tal Creuzebeck. Quando anunciaram o musical, eu fiquei super empolgada. Acabou que dei azar e não fiquei sabendo que eles já estavam em turnê no Rio. Por sorte ou destino, estava comemorando o aniversário da minha avó e vi na televisão que domingo era o último dia de apresentação no Rio de Janeiro. Surtei, gritei e esperneei.:(

A Gabizinha com 6 aninhos de idade não perderia essa chance, ela faria de tudo para encontrar a sua banda preferida, o CD no seu Micro System pulava de alegria ou de tanto que a menina ouvia a mesma música.

Fiz de tudo, abri o site, coloquei no facebook e finalmente o meu amigo e seguidor do blog Leonardo Santana me ligou avisando que conseguiu o ingresso. E não é que a sorte estava ao meu lado? Ainda consegui mais um ingresso para levar o Hugo comigo. A ansiedade estava a mil! Tinha certeza que a Gabizinha de 6 anos estava pulando e gargalhando com tanta emoção.

brasiiaL.png

Domingo às 19h começava a peça e eu cheguei às 18:59. Não é invenção para dar mais ritmo ao texto é real eu sou um pouco complicada com horários. DONGGGG terceira campainha. A peça começa com os mamonas vestidos de anjos, pronto, meu olho já começou a lacrimejar. E logo de início eles já começam criticando a caretice que o nosso país se encontra. Um alívio, o elenco é brilhante, tive a certeza de que estava diante daquela banda maluca de Guarulhos de novo.

Revivi momentos incríveis, de como surgiu a banda, revi o carisma do Dinho, as maluquices da banda…

No início os Mamonas criaram a Utopia, uma banda de Rock com letras melancólicas e sem a vibe dos caras. Era tudo tão down! Só que os meninos eram alegria pura, pareciam um bando de maluco e graças a nossa senhora da Monoteta, o Rick Bonadio viu que a alegria deles deveria ser dividida com o mundo. E foi assim que conhecemos os Mamonas Assassinas! Que encantou os anos 90, falou palavrão de forma ingênua e fez as maiores emissoras da época disputarem a sua atenção.

mamonas22.png

AH MAMONAS É SÓ BAXARIA! Nada disso, Mamonas é superação! Os meninos voltaram ao estádio que se recusou a abrir as portas na época do Utopia e fizeram um discurso surpreendente sobre sonhos e conquistas. Um tapa na cara de quem não acreditou neles!

Fiquei arrepiada até os pêlos dos sovaco com essa peça! E isso me trouxe uma vontade inenarrável de voltar aos palcos. Esse espetáculo tocou a minha alma, trouxe a tona a Gabizinha com 6 anos que sonhava em entreter plateias. Nossa senhora da Monoteta me inspirou a voltar a fazer o q eu sei de melhor, MERDA! No melhor sentido da palavra.

Jurei que não iria chorar na peça, mas no ato final, quando rola uma homenagem e aparece a foto deles, eu desabei! Chorei como se tivesse 6 anos! Que falta eu sinto daquela baixaria, irreverência e maluquice. É por isso que preciso dizer a vocês que o Mundo Makempi vai ACABAR! Mentira! Vamos passar por algumas mudanças e acabarmos com essa porra de politicamente correto! Isso aqui é para entreter e colecionar emoções! Deixo o mimimi para a galera que gosta.

Para finalizar esse texto, quero agradecer ao musical por me fazer visitar o passado através dos meus ídolos. Minha alma sorri, canta sabão cracra e solta um pum de tão aliviada por voltar a ser o que nunca deveria ter mudado.

MK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s