A mudança das princesas da Disney – Da perfeição para a realidade

maxresdefault (2)

A Disney liberou recentemente o primeiro teaser trailer de Frozen 2. O filme com previsão de lançamento para 2020 mostra Elsa controlando seus poderes e foi possível perceber o amuderecimento das irmãs de Arendelle. No primeiro filme, Anna reproduzia quase perfeitamente o esteriótipo correspondente às princesas: ingênua e à procura do amor verdadeiro.

No teaser do segundo longa, porém, aparentemente apresenta a irmã mais nova como uma pessoa independente e capaz de se defender sozinha. Dessa forma, Anna se aproxima das outras princesas criadas pela empresa. Algumas são de filmes, outras de desenhos animados, mas a cada produção elas se afastam mais da fantasia criada pela própria Disney com Branca de Neve e Cinderela. Aqui estão 3 delas:

9cc6001f-4571-4425-ba33-2834762f4c34

1) Merida (Valente)

Primeiramente, a princesa se difere das outras por conta de seu cabelo cacheado e ruivo. A mãe, Elinor, tentava transformar sua filha em uma princesa “perfeita”, mas a menina gostava de fazer atividades consideradas masculinas, como arco e flecha. No filme, Merida se opõe à decisão de seus pais de casá-la contra sua vontade, então ela participa do torneio que revelaria seu futuro esposo para ganhar o direito de permanecer solteira.

MoanaPortrait.0

2)Moana (Moana)

Ela é filha do chefe da aldeia de Motunui e no filme não é considerada uma princesa, mas mesmo assim entra para a lista da realeza da Disney. Moana tenta salvar a ilha onde vive ao navegar pelo oceano atrás do coração da deusa Te Fiti, responsável por criar a vida. A forma na qual a personagem foi desenhada foge do padrão de beleza vigente na cultura do Ocidente, ela não é branca nem magra. Apesar de receber a ajuda de Maui, um semideus, ela consegue fazer tudo sozinha.

maxresdefault

3) Star Butterfly (Star vs as forças do mal)

Star é uma personagem de um desenho animado, é filha da rainha Lua e do rei River de Mewni. De tanto causar confusão, a princesa foi enviada para um universo paralelo: a Terra. Lá, ela se tornou a melhor amiga de Marcus, um garoto inteligente, sensível e que luta karatê. Star, por sua vez, adora lutar contra monstros usando sua magia e é bagunceira. A animação não se preocupa em estabelecer o que seria um comportamento típico de uma menina ou um menino, as características estão presentes nos dois e isso é retratado com naturalidade.

É evidente a mudança na retratação das princesas do estúdio e se mostra muito importante quando se trata do empoderamento de meninas de todo o mundo. As novas produções ensinam que as pessoas podem ser o que quiserem, capazes de concluir qualquer tarefa e serem felizes. Tudo isso é possível mesmo elas não tendo coroas em suas cabeças.

Bruna Nunes
MK

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s