Setembro Amarelo: O papel das redes sociais na prevenção de suicídios

Banners-e-posts-setembro.jpg

Criado em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida, pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Brasileira de Psiquiatria, o Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, a qual ocorre no mês do Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro). A cada ano, a mensagem é reforçada e repassada por veículos de informação, marcas e pessoas em geral, transformando a discussão do tema um dever da sociedade como um todo.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o suicídio é a segunda principal causa de morte de jovens com idades de 15 a 29 anos. Distúrbios suicidas e mentais, tais como depressão e abuso de álcool, estão ligados, mas suicídios originados por momentos de crise também são comuns. Ainda de acordo com a OMS, “o enfrentamento de conflitos, desastres, violência, abusos ou perdas e um senso de isolamento estão fortemente associados com o comportamento suicida.”

Infelizmente, o assunto ainda é considerado tabu, o que impossibilita o entendimento do suicídio como uma questão de saúde pública e, assim, quem precisa de ajuda é afastado e não recebe a atenção necessária para ajudá-lo. Uma das formas de prevenção apontadas pela OMS é a abordagem responsável por parte dos meios de comunicação, incluindo as redes sociais.

Ao reconhecer os comportamentos que cercam a interação dos usuários com publicações, o Instagram decidiu agir em prol da saúde mental ao não deixar público o número de curtidas na plataforma. Outra maneira de combater gatilhos presentes no site é bloquear o acesso a determinado conteúdo. Isto é, não permitir o acesso a fotos ou vídeos que podem provocar respostas emocionais negativas. Esse mecanismo também é aplicado no Facebook e no Twitter.

   colagem-sem-tc3adtulo.jpg

Especificamente falando de suicídio, as redes sociais citadas acima, além do Tumblr, oferecem ajuda a quem pesquisa sobre o tópico. 

Podem parecer pequenas ações, porém, é muito importante a atenção de sites que, de uma forma ou de outra, contribuem para os estereótipos de padrões de vida social e de beleza. A prevenção ao suicídio é um trabalho coletivo e deve ser abraçada por todas as camadas sociedade. Mesmo com um mês dedicado a essa luta, a discussão e o cuidado precisam ocorrer durante todo o ano. 

Fique atento a familiares e amigos. Lembre-se de que você não está sozinho. Acesse o site do Centro de Valorização da Vida (cvv.org.br) ou entre em contato pelo número de telefone 188. O CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias. O sigilo é garantido.

MK
Bruna Nunes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s